Meditando

Se for para ressurgir
que seja numa nova humanidade
Falar a mesma língua antes que seja tarde
Que o amor se complete nos corações
E deixe de chocar com o que passamos
para as futuras gerações
Se for para roubar que seja um beijo
Se for para acalmar que sejam os desejos
Não espere elogios para acreditar na vida
Ser homem implica andar de cabeça erguida
Há remédios que repugnam e venenos que deliciam
Há vidas que dão raiva e mortes que acariciam
Se existir guerra que seja de travesseiro
Que seja de corpo e alma por algo sincero
Se for para criticar faça-o com amor no âmago
Se for para enganar que seja o estômago
Chega de rostos plásticos para disfarçar a cara
Humanizemo-nos mais segundo Alda Lara

Vou fugir dos que morrem de indigestão
Por não partilharem o trigo
e amassarem o pão para o irmão
Por terem como espelho quem não reflete amor
Quando não saber é mau e não querer saber é pior
Se for para perdoar que seja como as crianças
Sentir saudades apenas das boas lembranças
Se for para ser frágil que seja no amor
É o optimismo que dá alegria a uma vida melhor
Se for para morrer Deus queira seja cedo
Se for para perder algo que seja o medo
De sentir o que se fala
de falar o que se sente conforme
Os amigos que se foram e os que mudaram de nome
Onde houver ofensa espero que o perdão avança
Onde houver desespero haja também esperança
Se for para ser homem que seja agora você sabe
Nada mata mais um homem do que a responsabilidade

Se for para buscar um objetivo
para este poema cá está
Não espere ganhar milhões
para iniciar a trabalhar
Não espere ser amado para amar o irmão
Ou a separação para buscar uma reconciliação
É forte o homem que controla o vício que domina
Todo pobre que imita um rico sempre se arruína
Os desejos tem razões que a razão não aprova
Se não os controlares eles levam-te à cova
Para quem crê, não existem perguntas isso mostra
Que para quem não crê, não existem respostas
Se existir fome que seja de um amor sincero
Se for para ser feliz que seja o tempo inteiro
Não espere cair para lembrar-se deste conselho
Ou envelhecer para respeitar os maia velhos
Ser homem eu acho que é ser menino
Firmar a vontade na verdade
com um espírito genuíno